Arranjos educativos locais ampliam resultado de projeto em Senador Canedo – GO

#Arquivo_2014


Estamos chegando quase ao final de 2014, primeiro ano de implementação do projeto “E se eu fosse o autor?”, e a iniciativa já acumula experiências que tem transformado a realidade da rede municipal de ensino de Senador Canedo. As metas de envolver 10 escolas municipais e cerca de 500 alunos e professores em atividades de incentivo à leitura através da cultura digital até o final de 2015 já foram superadas antes do aniversário de um ano do projeto neste município da região metropolitana de Goiânia, capital de Goiás. Ao todo já são quase 700 participantes diretos em quase 20 escolas atendidas.


Mas os maiores resultados vão além da ampliação desta capacidade de atendimento. No começo do segundo semestre a equipe de gestão da ong Casa da Árvore realinhou a estratégia de implementação do “E se eu fosse o autor?” a partir de demandas e desafios da Secretaria Municipal de Educação, identificados no desenvolvimento do Projeto Político Pedagógico do município. “Priorizamos o processo de formação continuada de professores, aproveitando as experiências de práticas pedagógicas desenvolvidas em parceria com alunos, através do Laboratório Criativo de Literatura e Tecnologia (Lab Criativo), para estimular os professores a realizarem experimentações didáticas a partir do currículo”, revela o coordenador geral do projeto, Aluísio Cavalcante.


Leia o artigo completo e acesse os resultados no Blog da Casa da Árvore

0 visualização0 comentário