BiblioArte LAB abre vagas para desenvolvedores de APP

O laboratório comunitário de inovação em práticas de leitura da Biblioteca Municipal Centenário, em Poços de Caldas (MG), está montando uma equipe de desenvolvedores de aplicativos para telefone celular.

Foto: Sandra Ribeiro


Para isso, publicou uma chamada criativa para estudantes universitários interessados em integrar o projeto. As inscrições podem ser feitas até o próximo dia 10 de dezembro, pelo site casadaarvore.art.br/desenvolvedores_app_biblioartelab ou pela página do projeto no Facebook (www.facebook.com/biblioartelab).


Ao todo, estão sendo oferecidas três vagas, com bolsas mensais no valor de R$ 400 (quatrocentos reais), para o período de janeiro a maio de 2017. A equipe terá o desafio de criar uma aplicativo para celulares com sistema operacional Android, que promova novas formas de interação da comunidade com a biblioteca (incluindo seu acervo, serviços e espaços) e entre seus frequentadores. “Já somos mais de 80 milhões de brasileiros com acesso à internet pelo celular e a expectativa é de que os downloads de aplicativos cheguem a mais de 270 milhões até 2020. Se as bibliotecas querem fazer parte desse mundo, é preciso estar atento às tendências”, destacou Aluísio Cavalcante, coordenador do projeto BiblioArte LAB.


O projeto do aplicativo deverá ser concebido em parceria com a equipe multidisciplinar da ONG Casa da Árvore e com a participação de servidores e usuários da Biblioteca Municipal Centenário. A proposta é fomentar uma prática de desenvolvimento colaborativo (co-design), ressignificando esse espaço público como ambiente de produção cultural e tecnológica.


A chamada criativa para desenvolvedores inaugura uma nova linha de atuação do projeto BiblioArte LAB, o programa Invenções Literárias, que tem o objetivo de promover inovação nos serviços de bibliotecas públicas, escolares e comunitárias, através da cultura digital. Assim como as demais linhas de atuação do BiblioArte LAB, o programa Invenções Literárias tem por princípio a democratização do acesso ao livre conhecimento e a busca por processos e produtos inovadores, que promovam a cultura literária e a cultura digital como estratégia de desenvolvimento social e que, sobretudo, possam ser utilizados gratuitamente em diferentes contextos sociais.


Sobre o BiblioArte LAB

Desde o início de 2016 a Biblioteca Municipal Centenário conta com o BiblioArte LAB, um projeto idealizado pela ONG Casa da Árvore e realizado em parceria com a Secretaria Municipal de Cultura de Poços de Caldas e o patrocínio do Programa Ibero-americano de Bibliotecas - Iberbibliotecas (Cerlalc-Unesco). A iniciativa tem o objetivo de ressignificar o espaço público da biblioteca através de ações que integram a cultura digital e cultura literária.


O projeto funciona como um laboratório comunitário, que recebe principalmente jovens estudantes da rede pública interessados em reinventarem sua relação com a leitura. A ideia principal é tornar a biblioteca um espaço inovador, aberto aos desafios da contemporaneidade e que promova o desenvolvimento de jovens talentos para as novas tecnologias, para a literatura e outras artes e que estimule o empreendedorismo e a economia criativa como vetor de desenvolvimento social.