BiblioarteLAB é finalista no Prêmio ARede Educa 2016

#Arquivo_2016

O mais novo projeto da ONG Casa da Árvore, o BiblioarteLAB é finalista no Prêmio ARede Educa 2016 (confira a lista). O prêmio tem o objetivo de reconhecer , divulgar e estimular a transformação da educação com apoio das Tecnologias de Informação Comunicação e Mobilidade (TICs) e é um dos mais importantes reconhecimentos no Brasil. Nesta que é a oitava edição, oram mais de 220 projetos classificados. Desses, 20 obtiveram pontuação da Comissão Julgadora para se classificar entre os finalistas.


O BiblioarteLAB é um laboratório comunitário de inovação em práticas de leitura e formação de leitores, desenvolvido pela ONG Casa da Árvore com o apoio da Secretaria Municipal de Poços de Caldas, em Minas Gerais. Tem o objetivo de desenvolver jovens talentos da periferia através de projetos experimentais que evolvem a leitura, a literatura e a cultura digital. Em funcionamento desde o início deste ano, o projeto vem contribuindo para a ressignificação da Biblioteca Municipal Centenário, principal biblioteca pública de Poços de Caldas, sediada no Complexo Cultura da Urca. As atividades são gratuitas e destinadas à jovens e adolescentes matriculados em escolas públicas.



Atualmente o BiblioarteLAB abriga três empreendimentos criativos desenvolvidos por jovens da periferia da cidade. O primeiro resultado da produção desses meninos e meninas é Página 9 3/4, uma revista eletrônica especializada em literatura juvenil feito por quem mais entende do assunto, os próprios jovens(saiba mais sobre o lançamento!!!!). O laboratório abriga ainda o desenvolvimento de uma série de canais sociais denominados #MeDizUmLivro, uma experiência com novas linguagens midiáticas para produção de conteúdo inovador e gestão de redes sociais com foco na promoção do acervo público literário de Poços de Caldas entre jovens e adolescentes. Já a inspiração para o terceiro projeto vem das mídias locativas e de estudos de cartografia colaborativa. O <LEIA-ME!> é uma proposta de criação de hiperespaços literários na cidade, explorando o uso criativo de redes públicas e abertas de internet para difundir boa literatura em plataformas digitais através de sinalizações urbanas.


Essas iniciativas nasceram das reflexões, pesquisas e experimentações colaborativas realizadas no começo do ano por um grupo de meninos e meninas participantes do LAB_Rede_de_Leitores, primeira ação pedagógica realizada pelo projeto. Neste processo os participantes foram estimulados a desenvolverem formas de ampliarem sua capacidade de atuarem como influenciadores de leitura em outros jovens, através das novas tecnologias digitais.


Atualmente a ONG Casa da Árvore busca apoio de empresas e instituições locais para manter e ampliar o projeto que vem sendo realizado sem nenhum apoio financeiro. Os interessados em conhecer um pouco mais sobre a iniciativa podem fazer uma visita à Biblioteca Centenário, de segunda à setxa , das 14h as 18h, ou contatar a coordenação da ONG pelo email diretoria@casadaarvore.art.br ou pelo telefone (35) 99150-8007.


0 visualização0 comentário