Flipoços 2016 terá laboratórios de leitura e cultura digital para jovens e professores

#Arquivo_2016


Em um mundo cada vez mais conectado, quais são os desafios para a formação de novos leitores? Quais os impactos e transformações que a revolução tecnológica digital vem causando na forma como lemos o mundo? Estas são reflexões que vem permeando o desenvolvimento dos projetos educativos da ONG Casa da Árvore nos últimos dez anos e que agora chegam ao FLIPOÇOS 2016 através de uma programação especial. A iniciativa é resultado de uma parceria entre a GSC Eventos e ONG.


Duas atividades acontecerão na BiblioArte Digital, um espaço dedicado ao desenvolvimento de projetos inovadores de incentivo à leitura e formação de leitores, criado recentemente na Biblioteca Municipal Centenário em parceria com a Prefeitura Municipal de Poços de Caldas.


Os laboratórios Cidade Literária e Rede de Leitores serão oferecidos respectivamente para jovens estudantes e professores. “Esperamos dar oportunidade para os participantes experimentarem novas formas de se relacionar com a literatura, a partir de suas vivências com a arte e as tecnologias digitais, além de propor uma reflexão sobre que habilidades uma pessoa precisa desenvolver para ser tornar um leitor crítico e sensível do mundo contemporâneo”, destacou a curadora do Flipoços, Gisele Corrêa Ferreira.


Leia mais no Blog da Casa da Árvore.

0 visualização0 comentário